Tag Archives: ilustração

Juanjo Sáez & A Arte

Das felizes descobertas que fazemos muito por acaso numa ida rápida a livraria:

the hype collective
“A Arte: Conversas imaginárias com minha mãe” é o título do último livro do ilustrador catalão Juanjo Sáez, recentemente lançado no Brasil. O livro é uma espécie de Pequeno Príncipe crescido (e meio boca-suja!) em que, através de ilustrações bonitinhas e textos que misturam autobiografia e diálogos (e situações) ficcionais, o autor nos fala de maneira sensível, divertida e por vezes, bastante sarcástica – sobre o sentido da arte, além de dar conselhos sobre como apreciá-la, enquanto nos apresenta brevemente à vida e obra de pessoas como Salvador Dalí, Andy Warhol e Miró. ♥

Além de nos presentear com uma leitura super gostosa e acessível, Sáez também nos apresenta uma obra bastante reflexiva em toda sua sutileza. É um ótimo livro para os amantes das artes em geral, desde os já iniciados até quem está começando agora a descobrir esse universo.  Recomendadíssimo!

Algumas ilustrações do livro:

educação convencionaljuanjo saeza arte - juanjo saezarte
Arte – Conversas imaginárias com minha mãe, A.

Sáez, Juanjo.
Editora: WMF Martins Fontes
1ª Edição
264 pgs.
ISBN-139788578276928

O que você comprou hoje?

consumismo
Você já parou para pensar na quantidade de coisas que consumimos diariamente? A ilustradora Kate Bingaman-Burt fez isso, e desde 2006 ela desenha diariamente o que consome ao longo do dia. O resultado disso foi o livro Obsessive Consumption: What Did You Buy Today? publicado em 2010, que continha os consumismos de três anos inteiros de sua vida e um caderninho com capa ilustrada pela artista, chamado What Did I buy today? Onde você também pode anotar tudo o que consome (além de estar comprando, logo, contribuindo com esse ciclo enlouquecedor do consumismo).

what did you buy today
Focando nas ilustrações, vem ver alguns dos consumismos registrados pela ilustradora em seu flickr pra ter noção do quanto pensar em cada situação do dia-a-dia dessa forma pode ser enlouquecedor (ou eu que sou fraca da cabeça?):

Kate-Bingaman-Burt-7-480x530 Kate-Bingaman-Burt-5-480x7516820130253_2095830598_z6179454998_d282aca900_z5432914758_5a2d0f8764_z 5018022722_74a20ba48c_z
Enlouqueci só de pensar, mas esses registros devem funcionar, no mínimo, como alternativa para redução de gastos, né não?

Papéis de parede de Catalina Estrada

Descobri o trabalho da artista colombiana Catalina Estrada quando soube da parceria entre ela e uma marca brasileira chamada Anunciação, que desenvolve peças de encher os olhos das amantes de estampas bold. Não é o meu caso, mas o fato é que tinha me apaixonado pelo trabalho da moça e a vontade que me dava era a de emoldurar aqueles tecidos para ter as ilustras de Catalina decorando minha parede.

Não demorou muito para que eu deixasse pra lá essa não-possibilidade, mas eis que, pouco tempo depois, nesse ovo que chamamos de internet, me (re)deparo com o trabalho da ilustradora, e, dessa vez, a própria tinha a solução para o meu “problema”: A artista tinha desenvolvido uma coleção de papéis de parede! É claro que tanta informação visual junta – característica marcante no trabalho de Catalina – acaba dificultando as coisas. Ainda assim, eu arriscaria dedicar uma parede exclusiva às ilustrações da artista.  As fotos já mostram algumas  possibilidades de coordenação de cores. Inspire-se:

Devo admitir que no meio de tantas possibilidades multicoloridas, eu ia acabar escolhendo os modelos mais caretões e possíveis mesmo.

E vocês? preferem os wallpapers mais clean ou apostariam nos “maxi” mesmo?