Tag Archives: blogs

Recomendo: Sites nacionais sobre estilo de vida sustentável

Meta: viver uma vida com mais autonomia sobre minhas necessidades (sejam elas físicas, psicológicas, mas principalmente de consumo de bens) e em maior comunhão com a natureza. Tenho buscado há algum tempo fazer isso através da minha espiritualidade, do contato com as práticas do sagrado feminino, da afinidade que partilho com os movimentos de D.I.Y.  E sempre busco estar em contato com blogs e pessoas que produzam material relevante sobre algumas de minhas temáticas favoritas como: consumo consciente e beleza e cosmética natural.
Em geral, a maior fonte de materiais nessas áreas são gringas, mas alguns blogs e marcas nacionais têm prestado um ótimo trabalho na divulgação de conhecimentos na temática ecológica. Trago hoje alguns que conheci e achei inspiradores com a pretensão de fazer essa lista crescer cada vez mais 🙂

Modefica

Focado no veganismo e no ecofeminismo. Fala sobre moda, beleza, arte e comportamento, sempre pautados no viés da sustentabilidade e do consumo consciente. Também produz conteúdo com dicas de cosmética D.I.Y. como as que já compartilhei por aqui. Dentre as colaboradoras de conteúdo destaco a Mona Soares da Ewé Alquimias que é uma super referência na cosmetologia natural e uma grande inspiração para mim <3
youtube – pinterest– facebook

Acorda, bonita!

Um dos meus favoritos: Conheci a Karina através de um grupo de cosmetologia natural e logo me encantei pelo trabalho dela. A proposta do “Acorda, bonita!” é falar sobre beleza fora da caixinha do senso comum e com uma abordagem holística. A Karina é uma super referência nacional também para as meninas cacheadas adeptas do No/Low Poo. No blog dela dá pra aprender sobre aromaterapia, cosmética natural, cuidados femininos e se inspirar para tentar aplicar na prática o conceito de slow-living (e slow beauty) instagram – youtubefacebook

Um ano sem lixo

A Cristal Muniz criou o blog como um auto-desafio: produzir a menor quantidade de lixo possível até o fim de 2015. O projeto segue firme e forte e a designer  continua produzindo conteúdo inspirador para quem pretende levar uma vida com maior consciencia ambiental. Lá você pode aprender sobre compostagem doméstica,  práticas de decluttering (destralhar, desacumular) e consumo consciente. PinterestFacebookInstagram

Insecta Shoes

Blogs vinculados a marcas costumam trazer propaganda demais e conteúdo de menos, mas felizmente esse não é o caso do blog da Insecta Shoes. A marca tem uma proposta super interessante: eles produzem calçados (lindos) e veganos, produzidos a partir do reaproveitamento de tecidos garimpados em peças de brechó. E o blog, idem! Sempre traz novidades e informações valiosas! PinterestFacebookInstagram

Camile Carvalho e o Vida  Minimalista
A Camille Carvalho é professora e pesquisadora de yoga e possui dois blogs recomendadíssimos: o que leva seu nome foca mais no auto cuidado e transformação pessoal, enquanto o vida minimalista é totalmente focado no consumo consciente e slow living. Baseado nos conceitos do Zen, Mindfulness, Slow Living e Simplicidade Voluntária, o Vida Minimalista te inspira a desapegar do que não te serve mais e consumir de forma mais consciente para que possamos cuidar melhor do nosso planeta.
InstagramPinterestYoutube

Jardim do Mundo

Projeto lindinho do casal Emi e Lara que com apenas 1 mês de namoro, resolveram deixar todos os bens materiais e virarem cidadãos do mundo. Além do conteúdo inspirador para exploradores mochileiros, o site reúne muito conteúdo útil sobre estilo de vida sustentável, alimentação, etc. InstagramFacebook

 

 

Entrevista com Gabi do Teoria Criativa:

Depois de tanto tempo desde que anunciei o retorno da tag de entrevistas por aqui, finalmente venho cumprir a promessa! E para a reestréia, convidei dona Gabi Barbosa, que comanda o blog Teoria Criativa, que além de expor seu ponto de vista acerca da “blogosfera”, deu dicas ótimas de leitura dentro e fora dela. Bora conferir?

Quando você começou a blogar e o quê te motivou?
Comecei a blogar com 12 anos, no início dos anos 2000, quando os blogs estavam começaaaaaando a surgir no cenário brasileiro. Naquela época, fazíamos um blog para comentar sobre a nossa vida, contar as novidades, falar sobre problemas e viagens… Desde quando comecei a frequentar blogs conhecidos na época, como o Just Lia, senti vontade de falar um pouco sobre meu cotidiano também.
 Do que você mais gosta de falar no Teoria Criativa e como “surgem” os posts?
Eu adoro falar sobre moda, fotografia, decoração e design, principalmente. Eu sou muito imagética, então, sempre que posso, posto inspirações. Muitos dos posts surgem procurando tendências e coisas novas na internet, já outros são apenas algo que gostaria de ver alguém falar na internet com mais profundidade, como os posts sobre cabelos curtos, por exemplo.
Como você “garimpa”o conteúdo do blog?
No blog, a única peneira que eu uso é a do interesse. Se gosto do assunto e tenho algo a falar, ele vai para o blog. Tudo que falo no Teoria Criativa, dediquei meu tempo ao procurar e escrever sobre, com muito carinho. Se não, não tem graça ter blog! Nós temos que gostar daquilo que postamos e acreditar no conteúdo.
O que é conteúdo de qualidade na blogosfera? 
É sair da mesmice, procurar conteúdos relevantes e interessantes, além de expor a sua opinião e não se deixar influenciar pelos outros.
O que você pensa a respeito de blogs de moda de uma forma geral? Tem algum que você indique?
Acho que a maioria dos blogs de moda tendem a falar sobre a mesma coisa. No final das contas, estamos falando das mesmas tendências, das mesmas formas de usar determinadas peças, das mesmas marcas. Eu gosto muito do Fashion Gazette, porque a Bárbara mostra o mundo da moda de um jeito menos raso. Ela tem o trabalho de selecionar assuntos bacanas e fazer montagens com as peças certas para ilustrar os posts. Outro que gosto muito é o Achados da Bia. Para mim, a moda vai muito além das roupas e a Bia consegue passar isso muito bem. Adoro as inspirações do dia com paletas de cores!
Existe um lado ruim de blogar?
Quem bloga, é blogueiro em tempo integral. Você tem que estar sempre atento a qualquer novidade que apareça, a qualquer conteúdo e ideia. Então, temos que nos dedicar bastante e ficarmos super atentas ao que acontece no mundo. O ruim é que muita gente acha que é fácil ou bobo, e ultimamente começou uma onda hater em cima dos blogueiros, na qual todos adoram criticar, sem levar em conta que todas as pessoas são passíveis de erros. Mas às vezes, até entendo algumas críticas. Não é porque você virou blogueira que pode falar como ninguém sobre o novo rímel da Maybelline, ou sei lá o quê. Se você não é especialista no assunto, apenas esclareça que é a sua opinião e ponto. Algumas garotas têm mesmo cacife para analisar, pois são formadas na área e estudam para isso, mas outras não. Por isso prefiro não me estender muito em um assunto que não domino. Deixo para quem entende.

Foto: flickr/gabrielabpacheco

Leituras:
  • Recomendo todo mundo a ler a obra de Ernest Hemingway. Ele tem um tom melancólico tão gostoso de se ler! Minha última aventura foi em Paris é uma Festa.
  • Na Natureza Selvagem, do jornalista Jon Krakauer, que deu origem ao filme homônimo. O livro é escrito de uma forma mais expositiva, com dados e mapas, mas é incrível. Krakauer tenta dissecar todo o mundo de Chris McCandless. Do tipo tem-que-ler!
  • Atualmente, estou lendo a graphic novel V de Vingança. Adorei o filme e a HQ que originou-o é ainda mais interessante, com mais reviravoltas acontecendo durante a trama. Mal vejo a hora de terminar!
  • Relacionados a moda, recomendo a História Ilustrada do Vestuário (Melissa Leventon), …ismos: Para entender a Moda (Mairi Mackenzie), Moda – Uma Filosofia (Lars Svendsen), Moda do Século (François Baudot), Cinquenta Vestidos que Mudaram o Mundo (Cecília Martins) e tantos outros. Adoro estudar moda por meio de livros. Eles enriquecem e refinam o nosso conhecimento!
  • Revistas:  A Vogue, para mim, é de praxe, apesar de muitas vezes ter um pé atrás com o conteúdo. Gosto de ler a Criativa (que agora será Glamour) e a Gloss, com um conteúdo mais jovem. As duas revistas também não se bastam apenas na moda. Gostam de falar um pouco sobre utilidades para o nosso dia a dia e decoração.
Compras online:
Ultimamente tenho comprado bastante no Ebay. Ando viciada em toyarts e a lojinha Sub Urban Toys está cheia de coisinhas fofas com um preço muito bom! Demora um pouquinho, né, não tem jeito. Mas vale a pena!
Blogs:

                                                              Links: 1 • 2  3  4

Dá para acompanhar a Gabi também no Pinterest (que sempre tem um monte de achadinhos ótimos!), no Twitter e no Flickr, de onde eu retirei todas essas fotos lindas do post.

E é isso, pessoas… Espero que tenham gostado tanto quanto eu de conhecer um pouquinho mais sobre a fofa da Gabi ♥. Em breve teremos (pelo menos) mais uma entrevista e eu garanto que a entrevistada da vez será novamente uma pessoa muito especial. Tô até nervosa agora! Mas dessa vez contarei com a ajuda de uma amiga jornalista, a queridíssima da Thay. Vejam o blog dela aqui.

Entrevista: Road Trip da Nina

Faz um tempo desde que surgi com a proposta de entrevistar e apresentar por aqui alguns dos meus blogs preferidos, retomando com a tag “entrevistas” aqui no blog, a entrevistada da vez é editora do (ótimo) blog Road Trip da Nina, blog que nasceu como um diário de viagem, mas acabou se tornando um espaço onde a Nina divide seus achados e expressa seu modo particular de ver o mundo. A “Nina” em questão é Marina Dantas, blogueira fofa, suuuper simpática e talentosa. Na entrevista para o The Hype Collective ela fala sobre sua relação com o universo dos blogs, o que inspira, o que incomoda, e mais…

Por Ana Carolina.

THC : Quando você começou  e o quê te motivou a blogar?
O blog surgiu em novembro de 2010, quando eu estava às vésperas de embarcar numa super road trip entre Porto Alegre e Recife. A ideia era apenas manter a família e os amigos informados dos acontecimentos da viagem, mas acabei tomando gosto por escrever sobre as coisas legais que eu encontrava pelo caminho! Quando cheguei ao destino final, senti que deveria continuar com o blog, embora não soubesse direito sobre o quê falar, nem como me posicionar enquanto autora. Segui fazendo posts sobre as minhas viagens e, aos poucos, o Road Trip da Nina se tornou uma url sobre turismo – meio informativa e impessoal. As coisas seguiram assim até abril de 2011, quando eu percebi que blogar nos padrões que eu havia me imposto estava ficando chato demais! Foi então que eu resolvi mudar de rumo e transformar o blog num espaço onde eu pudesse me expressar de forma livre, sem padrões, sem expectativas… apenas como um canal aberto a novas descobertas. Aí sim as coisas ficaram realmente interessantes!

THC: O que você considera essencial em um blog de sucesso (não no sentido de popularidade, mas sim, de qualidade)?
O mais importante é se dedicar sinceramente à atividade de blogar. Na minha opinião, os blogs mais bacanas são aqueles que refletem a visão de mundo de alguém; seus gostos, predileções, hábitos, lifestyle, personalidade… Acho que o essencial para um blog de sucesso é ter as marcas da presença do blogueiro – ainda que a página não tenha a intenção de ser um diário pessoal! Nem todo mundo precisa correr os riscos da superexposição ao falar abertamente sobre a sua vida na internet, mas eu acho interessante frequentar blogs onde os autores conseguem expressar a própria individualidade por meio de elementos simbólicos implícitos às escolhas temáticas, à linguagem, ao layout…

THC: E quanto ao lado ruim de blogar? Existe algo na “Blogosfera”  que te incomoda?
Uma coisa que me incomoda muuuito na blogosfera é a velocidade com que conteúdos são produzidos. Como leitora de blogs, eu acho isso ótimo – porque sempre tenho um post novo no meu feed de notícias! Mas como blogueira, acaba sendo uma fonte de ansiedade. É que os acessos estão relacionados às novidades e pouca gente vai frequentar assíduamente um blog “desatualizado”. Isso quer dizer que aquela postagem incrível, que fez o maior sucesso mês passado, não vai garantir os acessos de hoje. É preciso tentar fazer uma coisa nova e surpreendente todo dia, mas nem sempre sobra tempo e criatividade!

THC: Você acha que é possível manter a qualidade de um blog tendo parte do conteúdo patrocinado?
Acho que sim! Muitos blogs famosos continuam sendo legais, mesmo com a maior parte do conteúdo patrocinado. Nesse caso, a “receita do sucesso” é bem simples: (1) deixar beeem claro para os leitores que o post é patrocinado; (2) adaptar o texto do press release para a linguagem do blog; e (3) manter a integridade, evitando patrocinadores que não tenham a ver com o blogueiro e com o blog.

THC: O quê te inspira a escrever e como você garimpa o conteúdo do blog?
O processo criativo é bem louco! Ainda que eu mantenha caderninhos para anotar ideias de novos posts, quase nunca sei sobre o que vou postar. E quando começo a escrever, não tenho nenhum roteiro. Nos dias menos criativos, posso ficar horas tentando inventar alguma coisa nova e não conseguir nada publicável. Mas é comum que eu consiga me inspirar visitando outros blogs, indo ao cinema, lendo um livro… Enfim, tendo experiências significativas para o mundinho particular que é o Road Trip da Nina.

Top Posts Road Trip da Nina:
Eu adoro escrever os posts da tag “Vivendo em…” e também curto muito as publicações sobre fotografia, especialmente a tag “Holga Pics”. Além desses, gosto muito do post Marie Antoinette: Será que vamos superar? e fico feliz em saber que essa é a publicação é o mais acessada entre todos os arquivos do blog!

RECADO DA ENTREVISTADA:
Uma das coisas mais legais de ter um blog é  descobrir afinidades com pessoas que a gente nunca imaginaria conhecer! Eu me identifico muito com o conteúdo do The Hype e tenho o maior orgulho de saber que o Road Trip da Nina está linkado no blogroll daqui!!! Beijos e agradecimentos para a Ana Carolina (querida!) que me convidou para participar dessa entrevista e me colocou em contato com todos vocês. Adorei estar por aqui e espero que a gente continue trocando ideias!

LINKS:
blogtwitter

*UPDATE: a Nina fez um post falando sobre a entrevista (aqui) e essa foto linda. Thanx, querida ;*


Hype indica: Links <3

Meus amores, antes de tudo queria avisar que o Hype Collective já tem uma página no facebook. Bora curtir? Depois, gostaria de convidar as parnaibanas para a inauguração da loja L’actual, que vai vender Checklist (marca LINDEZA de viver), entre outras. Será hoje, às 18:00h, lá no Comercial Carvalho. Estarei lá para fotografar TUUDO e espero encontrar alguma (ou algumas) de vocês. Então tá, agora vamos ao post, né?

  • Post no, sempre ótimo, Roadtrip da Nina sobre uma revista digital super interessante, que produz uns editoriais liiindos. TEM-QUE-VER.
  • Já postei um tutorial em vídeo parecido por aqui, mas tenho que dividir esse post quebra-galho no Não me mande flores com um passo-a-passo de como usar lenço de um jeito que adoro <3
  • Proposta genial de um site que transforma desenhos infantis de uma maneira incrível!!! (tô efusiva porque amei muito a idéia!) No Uhlalah.
  • Moda para refletir: Eu costumo amar todos os posts do Conversinha Fashion, dessa vez não foi diferente, Amanda Medeiros nos leva a refletir sobre o real sentido da Moda nesse post.

* A imagem linda que ilustra o post é desse deviantart aqui.

Por Ana Carolina.

Moda para homens parte II

y
Bom gente,  que a moda é dominada por mulheres isso é fato. mas uma coisa que tem me surpreendido ultimamente é o numero de homens que tem se interessado por moda, por se vestir bem. Isso é fantástico! Eu estava fuçando uns sites que sempre vejo e me deparei com um post muito, muito legal do homem moderno (super indico) sobre os 10 tumblr mais inspiradores. Eu fucei e fucei todos e a qualidade do conteúdo deles é sensacional. Bom eu quero mostrar aqui pelo menos três dos que mais chamaram a minha atenção pela riqueza em opções que a gente pode adaptar aqui para o nosso climinha, independente de quem goste de afetações ou não tem para todos os gostos.

k
O primeiro da lista é o Model Hommes (http://modelhommes.tumblr.com/) que sempre publica capas de revistas e editoriais.  O trabalho deles é de muito bom gosto e ótimo para ficar atualizado!

LookBook Guys (http://lookbookguys.tumblr.com/):  o conteúdo das imagens é excelente,  a variedade é outro ponto que chama bastante atenção. Essa não é uma página oficial do lookbook.nu, mas tem para todos os gostos.

E para finalizar um outro interessantíssimo que mistura fotos de rua e revista e vai do formal ao informal com muita elegância é o UrbanMenswear (http://urbanemenswear.tumblr.com).

O post do Homemmoderno.com é interessantíssimo, acho que vale muito a pena dar uma olhada em todos.

Por Fenelon Neto.

Entrevistas – Make a wish:

Hoje vamos conhecer um pouquinho da Caroline Silva que tem apenas 18 anos e um dos blogs mais fofos ever: o  Make a wish. Lá ela disponibiliza algumas de suas inspirações diárias: imagens lindas, textinhos, editoriais de revistas gringas, dentre outros achados. Ela conta que tudo começou no início do ano passado quando ela resolveu compartilhar um pouco do que entendia sobre duas paixões suas: moda e fotografia.

h

 – Carol, o quê te inspira de uma forma geral?
Eu me inspiro no que “captura” meus olhos, admiro ver pessoas reunidas, estilos diferentes, objetos encantadores e que despertam curiosidade, eu gosto de coisas delicadas, uma paisagem harmoniosa ou livros que tenham algo místico me chamam muita atenção e de uma forma ou outra acabam sempre me inspirando.

O que você acha que é essencial pra ter um blog de sucesso e o que você mais gosta no seu próprio blog?
Acreditar em você mesma é essencial em tudo na vida, foi o que meus pais sempre me disseram. Ainda não sei o que é ter um blog famoso, mas eu admiro quem faz do próprio blog um pedacinho seu.. .seja com seus gostos, suas manias, seus defeitos e talvez seja isso o essencial para o sucesso; nunca deixar de ser quem você é e demonstrar isso em tudo o que faz.

O que eu mais gosto no meu blog acho que sou até suspeita pra falar, é um xodózinho, mas eu gosto da categoria FotoGaleria; eu acho uma delícia procurar fotógrafos talentosos e dividir com os leitores.

– De onde você garimpa os posts do seu blog?Algum blog/site em especial que você SEMPRE lê e tira alguma idéia de post de lá?
Eu adoro o flickr e o we heart it , além das comunidades de moda no livejournal, é de lá que grande maioria dos meus posts surgem. Eu costumo armazenar essas fotos em um tumblr também por serem mais fáceis de elaborar o post. Difícilmente eu tiro idéias de post de outros blogs, é bem raro pra falar a verdade.

Favoritos da Carol:

Blogs:
Meus blogs preferidos costumam ser os estrangeiros, eu gosto muito de ver fotografias de lugares em que nunca fui e também porque me encanta conhecer outras culturas/jeitos e estilos não brasileiros. Alguns deles, por eu admirar coisas vintages.
Alguns: The Cherry Blossom Girl;
Cats & dogs;
além do Le blog de Bettypor adorar o seu estilo.

w

The cherry blossom girl

Livros:

Mesmo não sendo tão fanática por Harry Potter, os livros de J.K. Rowling são uns dos meus favoritos. Ultimamente não tenho lido por falta de tempo, mas um que em breve quero ler é Orgulho e Preconceito(Jane Austen), parece ser muito bom tanto quanto o filme.Artistas:
Admiro muito Hayley Williams, Pink e Avril Lavigne como grandes músicos, Meryl Streep e Pierce brosnan e Emma Watson como ótimos atores; além de Emma e Hayley também serem minhas “ícones de estilo”.

e

Emma Watson

Top posts do “Make a wish”:
Você sente;
I can touch the sky;
Miss Lulu the teaspoon;
P&B.

Flickr da Carol: dream_a_fairytale
Twitter : @just_makeawish


Entrevista: Não me mande flores

Vamos começar aqui no The Hype uma série de entrevistas com estilistas e blogueiros que a gente adora e quer apresentar pra vocês. Talvez vocês já conheçam alguns, mas vamos conhecer um pouco mais e descobrir o que inspira as pessoas que estão por trás dos nossos blogs preferidos?
Começando com a Camila Faria do Não me mande flores.

g
A Camila é jornalista e trabalha como redatora freelancer há 5 anos. O não me mande flores é o espaço onde ela armazena e gerencia suas idéias, textos e imagens. No blog dela você encontra um monte de achados de décor, moda, fotografia, etc.
Ela conta que tudo começou quando foi convidada para escrever um blog em parceria e gostou tanto da idéia que criou um blog só dela.

Camila, fala pra gente o que te inspira de uma forma geral.
Nouvelle Vague, viagens, livros de receita, yoga, música, livrarias, blogs criativos e cheirinho de café.

O que você acha que é essencial pra ter um blog de sucesso e o que você mais gosta no seu próprio blog?
Acho que não existe uma fórmula de sucesso para um blog. Acredito que publicar um conteúdo interessante, bem cuidado e original acaba trazendo mais leitores naturalmente. O que eu mais gosto no meu blog é como ele reflete a minha personalidade e tudo que eu gosto de verdade fora do mundo virtual.

Como você “garimpa” tanta coisa legal pro Não me mande flores. Tem algum blog/site em especial que você SEMPRE lê e tira alguma idéia de post de lá?
O não me mande flores é a minha maneira de compartilhar tudo que eu encontro de mais interessante na Internet e na vida cotidiana. As inspirações vêm de muitos lugares e os meus sites preferidos estão sempre mudando.

♥ Favoritos da Camila:

Blogs:
Dois  internacionais:
A Cup of Jo
Pikaland

E dois nacionais:
let’s blogar
Bolsinha

Artistas:
São muitos, mas aqui vão alguns:
– A estilista britânica Nadia Izruna, responsável pela marcaNadinoo.
– A fotógrafa Gabrielle Kai.
– A ilustradora e designer de coisas lindas Flora Douville.

r

Gabrielle Kai photography

 

Leituras:
A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera;
Anna Karenina, Tolstoy;
Bonequinha de Luxo, Truman Capote;
O Prazer dos Olhos, François Truffaut.

Top 5 posts do Não me mande flores:
Los Roques;
Marie Antoinette_love;
Antoine, je t’aime;
My vintage Dior;
Monsieur Boudin.

3

My vintage Dior


Blog: Não me mande flores

Twitter:@_CamilaF_

 


Por Ana Carolina.