o que é fotografia, a importãncia da fotografia

Guest Post: “A fotografia” por Fenelon.

Decidi começar uma série de posts por aqui com uma temática. A proposta é compartilhar textos de pessoas “comuns” falando sobre o que as move, as inspira e por que aquilo importa. Falo em pessoas comuns porque, para reunir os ensaios que publicarei semanalmente por aqui, bastou dar uma olhada ao meu redor. Minha prioridade não era a de ir em busca de profissionais super reconhecidos dentro de alguma área, nem, necessariamente, alguém que tivesse todo o conhecimento sobre os temas abordados, busquei simplesmente por pessoas apaixonadas. Por sorte, descobri que elas são muitas! Serão múltiplas vozes por aqui, falando sobre múltiplos assuntos, pois acredito que quando enxergamos as coisas sob a perspectiva de alguém que está realmente envolvido (de cabeça, alma e coração) com algo, passamos a perceber camadas até então imperceptíveis. Espero que gostem da idéia e que esses relatos ajudem a descobrir novos interesses/paixões, ou mesmo, contribuam para que possamos refletir de uma maneira nova sobre esses assuntos. A pergunta que rege essa nova categoria do blog é uma só: O QUE TE INSPIRA?

Para inaugurar a série, convido alquém que, sem querer, me inspirou a idéia do post quando me enviou o texto abaixo: (meu amigo queridíssimo) Fenelon Neto, que fala aqui sobre sua maior paixão: a fotografia!ensaios sobre paixões - fotografia“Sempre tive apego às lembranças, aos momentos, àquilo que não se solidifica, e na fotografia fui capaz de, de certa forma, transformar essas lembranças e momentos em algo mais físico, que possa ser compartilhado e vivido não só por mim. Minhas fotos me dão a oportunidade de reviver o que eu realmente quis guardar.
A forma como a luz escreve histórias, como uma fotografia fala do não dito e como o despercebido ganha foco. Esse sistema de alteridade entre sombra e luz, para mim, revela um outro universo, não diferente da realidade, pois ele é real, ali ele existe e ganha mais atenção, sendo observado com calma. Essa fatia retirada do tempo que guia nossos olhos por novos caminhos abriga um mundo movido pela subjetividade, nos tirando da posição de apenas observador, pois naquele momento vivemos e atrelamos nossa história.”


E não podemos encerrar um post sobre fotografia sem mostrar pelo menos algumas por aqui:

fenelon4 fenelon5 fenelon1 fenelon2 fenelon3 fenelon6
Mais no Flickr dele.

2 Comments

  1. <3

  2. Uma foto mais linda que a outra, visões do paraíso!

Deixe uma resposta