Vintage – Primeira versão para as telas de Alice no País das Maravilhas

Alice em versão histórica

versao antiga do filme alice

alice no pais das maravilhas vintage

alice primeira versao do filme

alice

Acredito que todo mundo conheça a versão clássica da Disney de “Alice no país das maravilhas“, assim como a adaptação de Tim Burton para a obra, mas você sabia que a primeira versão filmada do clássico de Lewis Carroll foi produzida há mais de 100 anos atrás, mais especificamente em 1903, (oito anos apenas após o surgimento do cinema!)? Com duração de 12 minutos (dos quais apenas 8 resistiram ao tempo), Alice in Wonderland de Cecil Hepworth e Percy Stow foi o mais longo filme produzido na Inglaterra naquela época.

Em 2010, o BFI National archive restaurou a obra e, adivinha? Disponibilizou no Youtube os 8 minutos sobreviventes da película pra quem quiser conferir! Amo o Cheshire Cat (não lembro o nome em português) interpretado pelo gato de estimação da família. A rainha? É a esposa de Cecil Hepworth, e o própro aparece no filme interepretando um sapo(?) Gente, dá o play no vídeo que é bom demais! haha!

E fica a dica pra quem tem curiosidade em ver outros filmes do início do século XX: no canal do BFI no youtube dá pra assistir vááários deles!

7 Comments

  1. adoreiiiii ;D
    só não entendi a cena que ela ta com um casal na casa. que parte é essa?

  2. […] – Primeira versão para as telas de Alice no País das Maravilhas, de 1903, via The Hype Collective. […]

  3. Aaah, super bacana! Eu já havia lido à respeito, se não me engano, naquele livro “Tudo Sobre Cinema”, que inclusive indico aos cinéfilos de plantão. Torna-se interessante, de fato, quando ficamos a confabular sobre a utilização de certas técnicas numa época onde o cinema era tão primitivo! Ah, e eu citei o seu post nos meus links da semana: http://wp.me/p2Cusw-2d

    Grande abraço!
    Iago Möller

  4. Oi, Iago! Muito obrigada por linkar a postagem no seu blog! (vou já dar uma passadinha lá!). E adorei também a sugestão de livro, vou pesquisar a respeito. Valeu mesmo!
    Abraços!

  5. Que bom que você gostou! Mas então, Gabi, eu também fiquei com dúvida quanto a essa cena… não sei te responder! 🙁

  6. GENTE! só 8 anos depois do surgimento do cinema? Tai um coisa que eu não saberia se não fosse você :p
    O bacana é perceber que a base é a mesma 🙂

  7. […] películas produzidas na história do cinema, (e uma das mais longas da época) datada de 1903, a Alice, de Cecil Hampton e Percy Stow. Desde então, o universo do livro de Lewis Carroll parece ter […]

Deixe uma resposta