Barbie, uma figura sádica.

Tenha medo, tenha muito medo. Pelo menos é o que nos sugere Mariel Clayton em uma série de fotografias intitulada Bad Barbie. Segundo Mariel, a boneca é a representação de alguém que já passou por, pelo menos, umas 27 cirurgias plásticas e é completamente desprovida de inteligência. Diz ela que por trás daquele sorrisinho delineado por batom pink se esconde o coração negro de uma verdadeira sociopata. Jamais imaginaria quanto rancor poderia se esconder debaixo de algumas camadas de tule com glitter colado…

Foto tirada após Barbie cometer suicídio por descobrir que Ken a trocou por outro homem...

8 Comments

  1. uauuuu, que Barbie sanguinária!! A produção tá perfeitaa, tem até vômito verde na privada!! (é vômito né?! kkkkkkkkkkkkkkkkk)

  2. É, acredito que sim! haha! ;**

  3. hahah adorei a ‘teoria’ :3
    bisou

    http://jemappellepriscilla.wordpress.com/

  4. hahaha, muito bom!

    http://www.ffash.com.br

  5. Jeane

    Ameiiiiii o post *-*

    Eu sempre assassinava minas Barbies 🙂 Criança feliz!hehehe

  6. ninaroadtrip

    Aninha, vi a primeira foto desse post pelo Bloglovin e fiquei meio sem coragem de entrar pra ver o resto. Não gostei nem um pouquinho das maldades da Barbie. Hahaha! Saudades daqui… tenho acompanhado as postagens pelo twitter e bloglovin, mas estou super atrasada em relação às leituras. Vou colocar tudo em dia no feriado. Beijo!

  7. Também fiz um post sobre essa série da Mariel ano passado (http://wp.me/p11NPl-DB), embora eu ame a Barbie, adoooroo essa série de fotos!
    hehehe

    Beijooo

  8. Marília, também amo e concordo em partes com o discurso da Mariel com relação ao “padrão de beleza” que a boneca impõe, mas isso é assunto pra um próximo post que pretendo fazer, ahaha! Beijos.

Deixe uma resposta