Dica do Johann: trocas de cartas

Realmente, hoje a coisa mais prática é entrar no MSN e conversar em tempo real com qualquer pessoa. Ainda há aqueles que se aventuram em trocar e-mails e esperar às vezes algumas horas para poder conversar poucas coisas. Enviar uma carta está tornando-se praticamente um meio obsoleto de comunicação à distância, pois quase ninguém quer esperar uma semana – quem sabe mais – só para poder ler algo que conseguiria ler em alguns minutos em frente ao computador.
Gente, mas quem daqui já recebeu uma carta de um amigo já até sabe aonde quero chegar, né rs.

letter1
Eu tô aqui no The hype collective hoje indicando o: http://trocasdecartas.blogspot.com
É muito bom e funciona. Envie um e-mail falando que deseja tornar-se membro, informando também: nome, idade, cidade e estado que o administrador colocará seus dados em exibição.
Qualquer um que entre no site e se interesse em ter contato com você vai poder te enviar um e-mail e você conversa com a pessoa lá e tals. Se você achar que for de confiança e quiser dar seu endereço e trocar cartas é de sua total escolha. Claro que existem outros sites e comunidades no orkut desse mesmo tipo de assunto. É só buscar por penpals e você acha uma porrada de lugares para conhecer e trocar correspondência, não só do brasil como do resto do mundo.

letter2

The luxury of a handwritten letter

De uns tempos pra cá eu já enviei e recebi tanta carta quanto pude e é muuuuito bom chegar em casa e quando menos se espera tem uns 4 envelopes de várias partes do Brasil para você.
Então é isso. The hype indica: mande uma carta 😀

Por Johann Bauer.

Deixe uma resposta